Teste de perfil: Quais os benefícios no processo seletivo?

O teste de perfil está entre os meios mais precisos de prever o desempenho, pois pode determinar até que ponto um candidato se alinha com a vaga.

Ao longo de qualquer processo de contratação, os gestores de RH buscam reunir o máximo possível de informações relevantes sobre os candidatos. A questão é que os métodos tradicionais de conhecer os candidatos, como análise de currículos e entrevistas, muitas vezes não fornecem as melhores e mais detalhadas informações. O recrutamento e gestão produzido com base em testes de perfil é um diferencial para gestores de RH, empresas e candidatos. Os testes oferecem benefícios abrangentes que não apenas agilizam o processo de contratação, mas também fortalecem toda a organização, aumentando a probabilidade de que novos funcionários tenham sucesso em seus cargos.

A aplicação da tecnologia nos processos seletivos ajuda os líderes a acertarem nas contratações, tornando a escolha para cada função muito mais afinada a cultura organizacional e as necessidades do respectivo departamento. É a tecnologia que irá apontar “caminhos novos”, trazendo insights para olhares viciados de dentro de cada companhia.

Os testes estão entre os meios mais precisos de prever o desempenho, pois podem determinar objetivamente até que ponto um candidato possui o conhecimento da função e as habilidades para ter um bom desempenho no cargo que irá ocupar.

 Importante que, tal como o método científico, os dados fornecidos pelas análises não admitem o contraditório. As hipóteses levantadas pelos gestores necessitam ser comprovadas, mas, para isso, é necessário uma “mente aberta” e um desapego a tradições do passado, para que novos padrões possam ser visualizados. A tecnologia, inclusive, pode ajudar o gestor a conhecer melhor sua empresa. 

Uma pesquisa realizada pelo InfoJobs, uma plataforma de oportunidades profissionais e busca de talentos, mostra que 61% dos profissionais de RH já utilizam dados para tomar decisões no seu setor. Já 95,5% afirmaram que a análise de dados é “importante ou muito importante” para a melhoria de processos e experiências. O levantamento foi feito em maio de 2021 e consultou 520 profissionais. 

Destacamos aqui alguns dos benefícios do teste de perfil comportamental no recrutamento, como a possibilidade de prever o desempenho, o senso de justiça, a redução de vieses, a base para feedback, o retorno dos investimentos, entre outros. 

Previsão do desempenho

O principal motivo pelo qual os gestores de RH usam avaliações comportamentais é prever o desempenho de um candidato na função, caso sejam contratados. Quando são realizadas corretamente, as previsões mostram, de modo consistente, que um teste de perfil é um grande preditor do desempenho futuro do trabalho. Isso ajuda os RHs a escolher o candidato que terá o melhor desempenho. 

Justiça

Ao aplicar exatamente o mesmo teste de perfil aos candidatos que estão sendo entrevistados, o RH oferece uma maneira mais justa de um candidato se destacar, pois vai além do currículo. Aqui, não são postas à prova apenas habilidades ou conhecimento técnico específico, como também o quanto a postura, ações e preferências da pessoa estão alinhadas às necessidades da empresa e da vaga.

Employer branding

Employer branding é, essencialmente, um conjunto de técnicas e ferramentas para gerar uma percepção positiva do mercado a respeito da empresa, como por exemplo, o ambiente de trabalho. Um teste de perfil comportamental oferece uma maneira de transmitir os valores da marca aos funcionários. O comportamento dentro da organização deve refletir os valores da marca. Quando os candidatos passam pela avaliação, eles vão mostrar que se encaixam na cultura da empresa ou não. Esse encaixe é muito importante, pois influencia toda a experiência que o colaborador tem na organização, e tendo essa questão alinhada desde o início aumenta as chances de a pessoa desempenhar bem seu papel e permanecer na empresa.

Base para feedback

Quando candidatos a empregos recebem uma negativa, dar um retorno sobre isso pode ser um desafio para os RHs. Muitos candidatos reclamam que não recebem um retorno dos recrutadores quando participam de processos seletivos, o que pode gerar uma percepção negativa da empresa.  Ao realizar um teste de perfil, os dados dão para as empresas uma base real para feedback. É possível informá-los sobre quem teve um bom desempenho (e sobre quem não teve). Com isso, os candidatos possuem muito mais probabilidade de aceitar que a decisão foi adequada.

Redução de vieses

É de conhecimento geral que o preconceito inconsciente pode afetar as decisões de contratação. Principalmente nas primeiras etapas do processo seletivo, é importante então ter escolhas baseadas em hard e soft skills, como os oferecidos por um teste de perfil, e não por características pessoais do candidato como gênero, etnia, idade, etc. Assim, as chances de candidatos serem afetados por vieses discriminatórios pode ser reduzida.

Confiança na contratação

Com os dados do teste de perfil, recrutadores podem ter mais confiança de que estão fazendo a escolha certa, pois possuem condições de prever o desempenho do candidato no futuro cargo.

Retorno do investimento

Se o RH contratar o candidato que terá o melhor desempenho na função, poderá economizar muito dinheiro a longo prazo, pois não haverá necessidade de recrutar novamente para essa função em um breve espaço de tempo. É a famosa redução no turnover      

Comparação entre candidatos

Um teste de perfil comportamental é a solução ideal, pois oferece uma base de comparação entre os candidatos. Os dois finalistas podem ter habilidades e experiência semelhantes, mas, possivelmente, terão pontuações diferentes em uma avaliação. Os dados farão a diferença em um desempate. 

Relevância para a função

O RH deve oferecer aos candidatos uma visão realista do cargo. Ao testar as habilidades exigidas para a posição, poderão obter uma compreensão do que a função acarreta. Isso dá ao candidato a chance de ver se as atribuições do cargo estão adequadas àquilo que ele espera e também dará a cada candidato a certeza de que serão bem-sucedidos na função para a qual estão concorrendo.

Com a aplicação dos testes de perfil no processo de recrutamento e seleção é possível identificar características de destaque dos candidatos e avaliar se ele tem os aspectos comportamentais (fit cultural) necessários para se adequar a empresa, ajudando a diminuir os índices de insatisfação e, por consequência, de desligamentos. 

É muito importante ressaltar que cada organização terá o seu tipo de “profissional ideal”, levando em consideração as características da cultura organizacional e as características da função exigidas pela vaga oferecida.

Comments are closed.