Entenda como o trabalho remoto promove diversidade e inclusão nas empresas

Entenda como o trabalho remoto pode contribuir para a diversidade e inclusão de uma empresa

Durante a pandemia, diversas empresas se viram obrigadas a adotar modelos de trabalho remoto para que pudessem continuar atuando nesse período e não precisassem demitir em massa ou até mesmo fechar as portas. Fato é que esse processo se deu de maneira obrigatória e ineficaz em muitos casos, já que as casas dos brasileiros, de modo geral, não estavam preparadas para se tornar um ambiente de trabalho. 

Apesar disso, o modelo remoto, quando bem implementado, é capaz de gerar inclusão e integração de uma forma muito eficiente. Com isso, confira abaixo, um pouco mais a respeito de como a diversidade e a inclusão podem ser estimuladas a partir desse modelo de trabalho.

Continue lendo para entender a importância da diversidade e inclusão nas empresas. | Foto: Freepik.

Nas grandes e tradicionais corporações nacionais e internacionais, é comum que existam pessoas de diversas localidades do país e, em muitos casos, até mesmo pessoas que vieram de outros países para trabalhar em determinada corporação. Isso é fundamental para a criação de uma ideia plural de instituição e principalmente quando as atividades envolvem a criação ou elaboração de projetos ou qualquer coisa que demande dinâmicas e organizações em grupos. 

Apesar disso, através de uma mentalidade tradicional e ultrapassada, na hora de recrutar pessoas busca-se sempre o mesmo perfil com as mesmas características, o que acaba criando uma equipe qualificada, mas que não apresenta diversidade alguma. Isso acaba sendo diretamente responsável por uma ineficiência de dinâmicas em grupo já que praticamente todos os colaboradores têm um mesmo leque de experiências e de vivência. 

A troca de experiências entre colaboradores é muito enriquecedora e cria um sentimento de pertencimento a uma instituição, e por isso é necessário entender como você pode promover essa diversidade e inclusão nas empresas.

Como promover a diversidade e a inclusão nas empresas?

A primeira etapa é voltada para a promoção de políticas de inclusão, e isso afeta desde o perfil de colaborador a ser recrutado até diversos comportamentos e ações que a empresa tende a tomar. Portanto, é necessário, primeiramente, que se crie dentro do ambiente corporativo uma noção de inclusão e diversidade.

Sabendo que extinguir preconceitos e estereótipos é fundamental para o bem-estar corporativo e a integração entre profissionais, cabe à empresa a adoção de políticas que combatam questões discriminatórias. Isso vai desde as relações trabalhistas comuns até os processos de recrutamento e contratação de novos profissionais. 

Além disso, quando se pensa em inclusão, a primeira coisa que vem à mente é relacionada a PCDs e a questão da acessibilidade, mas essa questão é fundamental não apenas para esse grupo de pessoas, mas sim para todos os demais colaboradores. É necessário demonstrar que políticas de acessibilidade vêm sendo adotadas. 

Uma das principais práticas a serem adotadas é o modelo de trabalho remoto. Isso se deve ao fato de que através de uma conexão via internet é possível estar onde você bem desejar em poucos segundos e de maneira bastante eficaz. Isto é, através da adoção desse modelo, não existirão mais barreiras físicas que possam impedir a integração de colaboradores independente da localização onde eles se encontram. 

Em um cenário hipotético, seria possível reunir pessoas de todos os cantos do Brasil e do mundo dentro de uma mesma equipe, sem que essas pessoas precisassem abandonar suas cidades e famílias em busca de uma boa oportunidade de emprego. Com isso, cria-se uma diversidade cultural e étnica que tende a trazer diversos benefícios em dinâmicas em grupo, já que as experiências profissionais e pessoais de cada um dos colaboradores tendem a ser mais diversas e distintas. 

Além disso, quando pensamos na questão da acessibilidade de PCDs em relação às corporações em geral, é necessário analisar se há algum tipo de impossibilidade ou dificuldade motora na questão relacionada ao deslocamento até o ambiente de trabalho, já que é de conhecimento geral que os transportes públicos do país, em sua grande maioria, não apresentam o mínimo de acessibilidade a esse grupo de pessoas. 

Portanto, em muitos dos casos, ter essas pessoas na equipe é fundamental para a criação de uma diversidade profissional e de experiências pessoais, e considerar essas questões de acessibilidade é algo imprescindível. 

Com isso, empregando o modelo remoto, é possível garantir maior facilidade de acesso ao ambiente de trabalho, mas também uma acessibilidade ainda maior para todos os membros da equipe, que não precisarão passar horas e horas dos seus dias submetidos ao trânsito e à má qualidade dos transportes públicos nacionais. Isso é fundamental para inclusão e diversidade, mas também demonstra uma preocupação grande a respeito de políticas de valorização dos colaboradores, através das quais se busca diminuir o impacto emocional e de estresse gerado pelo ambiente de trabalho. 

Trabalho remoto como melhoria nas condições de trabalho

É fundamental também que as empresas enxerguem dessa forma, já que é muito necessário que o home office não seja compreendido como uma forma de manutenção de relações trabalhistas exploratórias. Por isso, é necessário que exista um planejamento por trás da adoção desse modelo com a presença de políticas que incentivem o cumprimento de uma jornada de trabalho saudável. Isso se deve muito ao fato de que pela facilidade de adentrar ao ambiente corporativo, você acaba tendo maior predisposição a se manter ativo naquele espaço durante mais tempo, cumprindo uma jornada de trabalho maior que a pré-estabelecida. 

Além disso, é importante que as empresas garantam a estrutura necessária para montar um ambiente de trabalho adequado em casa, já que de nada adianta um discurso inclusivo se na prática não funcionar dessa forma.

Agora que você já conhece os fatores de como o trabalho remoto pode promover a diversidade e a inclusão, faço o convite para que você conheça a Rocketmat. Ela atua na área de recursos humanos, tornando grande parte do processo de gestão de pessoas e de talentos mais eficiente. Para conferir mais sobre essa ferramenta que utiliza a tecnologia e a inteligência artificial para potencializar o desenvolvimento da empresa, acesse o site, clicando aqui

Comments are closed.